Cinco cidades tchecas que você provavelmente nunca ouviu falar – mas devia conhecer

Há cidades que são pouco conhecidas. Mas isso não significa que sejam menos interessantes que suas primas famosas. Só porque você nunca ouviu falar, não significa que não deve ver! Veja cinco dessas pequenas joias da República Tcheca

Por: Luiz Fernando Destro

Publicado: Novembro 03, 2021

Três lagos e uma praça

O povoado de Telč também é conhecido como “a cidade dos três lagos”, em referência às lagoas que cercam a cidade. Construídas pelo homem como meio de proteção na era medieval, hoje agregam um lado bucólico ao local. A praça principal é um conjunto de casas renascentistas preservadas e fontes barrocas. Mas, ainda assim, é cheia de vida. Esse segredo escondido não é tão oculto assim, já que a Unesco reconheceu Telč como Patrimônio da Humanidade.

Deliciosas orelhas

Na região da Morávia-Silésia, Štramberk está às sombras das ruínas de um castelo (Strallemberg), em meio a região montanhosa de Valašsko. Mesmo sendo pequena, dispõe de inúmeras atrações – museu de marionetes, de brinquedos, mini -zoológico... Na parte gastronômica, as “orelhas de Štramberk “são iguarias de massa doce que fazem sucesso. E para os mais crescidos, a cidade tem uma cervejaria, que usa uma levedura especial na receita da bebida.

Areia e ponte

A cidade de Písek, na Boêmia do Sul, possui a ponte de pedra mais antiga da República Tcheca – mais até que a ponte Carlos de Praga. Antigo local de garimpo de ouro, a cidade hoje tem uma ligação forte com a areia das margens do rio Otava. Nelas, os locais costumam se divertir construindo complexas esculturas, que ficam expostas para turistas como você!

Montada na fama

Outro local pouco conhecido, mas reconhecido. Kladruby nad Labem é patrimônio da Unesco desde 2019, graças à tradição secular de criar cavalos de raça. Os puros-sangues da cidade são usados em diversas casas reais de todo o mundo. E os edifícios históricos do haras são outra atração que vale a visita.

O berço de Mahler

O famoso compositor Gustav Mahler nasceu na região de Vysočina, em um pequeno vilarejo mas ainda bem jovem se mudou para Jihlava. Esta cidade de subterrâneos misteriosos – e até fosforescentes - hoje abriga também o museu em homenagem ao compositor e maestro, onde se pode experienciar um pouco dos primeiros anos desse gênio musical.

Em Moravský Krumlov, Alfons Mucha e todo o esplendor da Epopeia Eslava

Alfons Mucha, fenomenal pintor tcheco ícone do estilo Art Nouveau criou obras às centenas. No entanto, o ciclo de 20 enormes telas intitulado Epopeia Eslava desafia a imaginação. Separadas, essas telas têm viajado o mundo. Agora, você poderá ver o conjunto delas reunido em um só lugar. O ciclo de pinturas regressa ao local aonde foi originalmente exposto - o Castelo de Moravský Krumlov, distrito de Znojmo, Sul da Morávia. Inaugurada em maio de 2021, a exposição permanecerá aberta à visitação até junho de 2026.

Arte Cultura
Cinco bibliotecas imperdíveis na República Tcheca

Na República Tcheca, bibliotecas em mosteiros, castelos e palácios guardam tesouros únicos que repousam em encantadores cenários.

Café literário Cultura Experiencia de viagem
Cidades tchecas aonde as moldavitas moram há mais de 14 milhões de anos

Nem ET, nem cristal, nem pedra. A moldavita é... moldavita, viajante sideral que veio a bordo de um meteorito para ‘fixar residência’ em estreita faixa que fica entre as cidades de České Budějovice, Český Krumlov e Třeboň. Nessa faixa estão 99% das moldavitas de todo o planeta.

Castelos e Palácios Cultura Natureza
Pacotes