Cinco excelentes motivos para ir a Praga, na República Tcheca

Ainda tem gente que estranha quando recomendo que vá a Praga. Se você é um desses, que não imagina porque a capital da República Tcheca deve ser visitada, veja cinco bons motivos. E faça as malas.

Por: Luiz Fernando Destro

Publicado: Março 08, 2021

Arquitetura infinita

Tem lugares que são modernos. Tem lugares que são barrocos. Tem lugares que são medievais...  Mas só Praga é tudo isso e mais um pouco. Nenhuma, eu repito, nenhuma outra cidade do mundo reúne tanta arquitetura diferente que, ainda assim, convivem harmoniosamente. De românico a Moderno, de Gótico a Art Nouveaux, de Barroco a Cubista! Pense em uma escola de arquitetura e você vai encontrar em Praga. Muitas vezes em um mesmo lugar, como é o caso da Praça da Cidade Velha, que reúne exemplares de arquitetura que atravessam cinco séculos.

Beleza preservada

Praga é, acima de tudo, uma cidade com sorte. Apesar das inúmeras guerras pelas quais passou, ela nunca foi destruída. Por isso, tudo lá é original. A começar do Castelo (que começou a ser construído há mais de dez séculos), passando pela ponte Carlos, pelo Relógio Astronômico e chegando até os edifícios mais modernos – do século 19 e início do 20. Um conjunto tão belo que todo o centro histórico é Patrimônio da Humanidade da Unesco (são.1.290.000 m², ou 120 campos de futebol).

Vida boêmia

Praga está no centro de um antigo reino chamado Boêmia, de onde vem o termo boemia... Ou seja, a República Tcheca é a capital da boemia. E isso se reflete nas inúmeras cervejarias, algumas seculares, nas atrações noturnas – shows, espetáculos, bares e discotecas – mas principalmente no estilo de vida tcheco, no qual aproveitar o dia (e a noite) é parte essencial.

 

Diferente, mas palatável

A República Tcheca e sua capital, Praga, são lugares que ainda guardam uma aura diferente, especialmente para brasileiros – a língua, a moeda, os costumes, a história antiga e recente – tudo é material para descobertas que, ao final, fazem uma viagem valer a pena. Ao mesmo tempo, a República Tcheca é muito bem organizada, e fazer turismo lá é fácil – há ótimos prestadores de serviço, aceitam-se cartões de crédito e débito, não é necessário visto para brasileiros etc. É um lugar diferente para turistar, mas sem o estresse de destino tosco.

 

Sua amiga, a Coroa

A Repúblicas Tcheca faz parte da União Europeia, faz parte da zona Schengen, de livre trânsito, mas NÃO faz parte da zona Euro. E isso é uma boa notícia. Mantendo sua moeda nacional, a Coroa Tcheca, Praga consegue ser uma capital europeia mais barata que a maioria de seus pares na zona Euro. E isso vale para tudo – do hotel ao passeio, do ingresso ao restaurante. Em média, tudo sai uns 20% mais barato. Viva a Coroa!

As cinco igrejas mais bonitas de Praga, capital da República Tcheca

A cidade de Praga, capital da República Tcheca, possui inúmeras igrejas, de todos os estilos. Aqui, trazemos cinco das mais bonitas, com uma curiosidade sobre cada uma delas.

Arquitectura Arte Experiencia de viagem
Filmes que levam você de Nárnia até Viena, sem sair da Tchéquia

Por toda a República Tcheca, cidades e vilas foram e são cenários para filmes famosos, como As Crônicas de Nárnia – o Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa; e o Ilusionista, que coloca Viena em diferentes recantos de Tchéquia. Várias localidades tchecas criaram roteiros que levam a conhecer os belos cenários que conhecemos através dos filmes.

Arte Cultura Sonhe
Cinco filmes de terror gravados na República Tcheca

A República Tcheca é cheia de belezas. Mas graças a arquitetura milenar bem preservada, também possui cenários arrepiantes. Ideal para filmes de terror, como estes que listamos.

Arte
Pacotes