Deixe-se levar pelo Moldava, o maior rio da República Tcheca

Seis seções turísticas ‘dividem’ o rio Moldava desde a nascente, na Šumava, até Mělník, onde se mistura ao Elba para seguir rumo ao Mar do Norte. Mas, antes de deixar Tchéquia, o Moldava abraça a Boêmia do Sul ao longo de 430 km e leva a desfrutar momentos inesquecíveis.

Por: Giorgia Marcucci

Publicado: Julho 01, 2021

Antes de deixar Tchéquia e chegar às proximidades de Mělník, aonde as suas águas encontram o rio Elba para se juntar à corrente que o levará ao Mar do Norte, o rio Moldava oferece ao longo do percurso inesgotáveis e prazerosas experiências, desde canoagem e rafting até cruzeiros fluviais temáticos. Ao longo do percurso, atrações das vilas e cidades ribeirinhas oferecem centenas de opções para lazer e esportes complementares aos atrativos vivenciados ao longo do percurso aquático.

Maior rio da República Tcheca em extensão (430,2 km), o Moldava nasce em Kvilda, na Šumava, a grande cordilheira localizada na fronteira entre a República Tcheca, a Áustria e a Bavária alemã.  Junto às margens e nos arredores, ciclovias, trilhas para caminhadas, visitas a castelos e vilazinhas encantadoras da Boêmia do Sul estão na rota do Moldava, e seja qual for a estação do ano, há algo prazeroso a desfrutar.

Para efeito das peculiaridades turísticas, o Moldava é “dividido” em seis seções, cada qual com apelos próprios. Se não todas, por certo uma das seções é sob medida para você guardar na memória os prazeres vivenciados sob o patrocínio do Moldava.

Rio Moldava, de Kvilda (Bučina) até Nová Pec

A seção 1 do Moldava é ideal para canoagem e rafting. Começa na nascente (Kvilda), quando o rio deixa o berço para espreguiçar e enroscar na bela natureza do Parque Nacional  Šumava. Os encantos já começam aqui. A navegação turística é limitada a pequenos barcos – a preferência é para os praticantes de canoagem e rafting - e há trilhas para ciclismo e caminhadas, que levam até a fonte do rio e a bucólica Lenora.

Na histórica vila Lenora você poderá assar o seu próprio pão e conhecer o Museu do Vidro, com a maravilhosa coleção que inclui exemplares art nouveau e duplicata de jogo de tigelas com 22 peças, criado para a Rainha Elizabeth II da Inglaterra. Saiba sobre excursões no Parque Nacional  Šumava aqui.

Rio Moldava, de Nová Pec até České Budějovice

No que se refere ao turismo aquático no sul da Boêmia, a seção 2 do rio Moldava é uma das mais atrativas. Possibilita cruzar todo o Reservatório de Lipno e no percurso entre Loučovice e Vyšší chegar até as Correntes do Diabo, e continuar a descida por barco até chegar a Český Krumlov (imagem a seguir).

Através de vários açudes, é possível chegar por barco a České Budějovice. Aqui, a confluência entre os rios Moldava e Malše é um dos pontos visitados por cruzeiros fluviais turísticos que navegam o Moldava na região. Bom lembrar que os arredores do Reservatório de Lipno são ideais para trilhas a pé e práticas de inverno. Atividades diversas, excursões e cruzeiros fluviais na região você encontrará  aqui.

Rio Moldava, de České Budějovice até Zvíkovské Podhradí

A seção 3 do rio Moldava possibilita fazer cruzeiro fluvial pelo centro de České Budějovice. Ainda, há linhas regulares no curso inferior, que podem ir de Hluboká nad Vltavou a Týn nad Vltavou. Além dos barcos, há as opções para lazer em pranchas de remo, casas flutuantes e pedalinhos.

Ao longo do rio há bela ciclovia. Além de ciclistas, é utilizada por skatistas e caminhantes. Visitas imperdíveis na região incluem o centro de České Budějovice, de Hluboká nad Vltavou e, em Týn nad Vltavou, o Museu Municipal, com exposições de fantoches em madeira e moldavitas. Sobre cruzeiros fluviais nessa seção, leia mais aqui.

Rio Moldava, de Zvíkovské Podhradí até Kamýk nad Vltavou

A Represa de Orlík, que conecta as regiões da Boêmia do Sul e Boêmia Central, praticamente engloba toda a quarta seção turística do Moldava. Nesse trecho, as águas do rio são reguladas e utilizadas para recreação.

Barcos a motor, veleiros, barcos de turismo e outros tipos de embarcações esportivas e recreativas fazem da represa de Orlík completo centro esportivo e para lazer – até mesmo o contemplativo (a imagem a seguir é de Frymburk, atrativa vila recreativa às margens do rio Moldava).

A área ao redor da represa é repleta de acampamentos e belas vistas. As inúmeras atrações incluem os lugares que se elevam majestosamente sobre a barragem - os castelos Orlík e Zvíkov e a vista da ferradura formada pelo rio, bem aonde a vila de Solenice debruça sobre o Moldava.

Além de saber sobre passeios em barcos turísticos e outras facilidades para esportes fluviais, neste endereço você tem informações  sobre as várias atrações ofertadas no entorno de Orlík - a maior represa da República Tcheca.

Rio Moldava, de Kamýk nad Vltavou até Praga

Com início em Kamýk nad Vltavou e até Praga, a quinta seção é repleta de belos meandros do rio Moldava, que ‘empurram’ a água para, gradualmente, acumular dentro do Reservatório de Slapy, em cuja margem está a ciclovia Eurovelo 7.

A Eurovelo 7 atravessa toda a Europa e inclui o Círculo Polar Ártico e as praias do Mediterrâneo. Tem extensão de aproximados 7.410 km, dos quais 437 km atravessam terras tchecas.

A quinta seção do Moldava constitui privilegiada área de lazer e é repleta de parques para campismo. Por lá, é fácil alugar casa flutuante  para desfrutar navegação por três represas - Orlík, Kamýk, Slapy e Vraný nad Vltavou.

Segue a seção 5 até Praga, aonde chega à Ponte Carlos sob Vyšehrad, através de Čertovka. O que os turistas não conseguem curtir nas águas do Reservatório de Slapy, eles podem fazer nas águas do Moldava em Praga - passeios turísticos, passeios de aventura, pedalinhos ou remo, e curtir formidáveis cruzeiros fluviais.

Rio Moldava, de Praga até Mělník

A sexta e última seção do rio Moldava começa em Praga e termina na confluência com o Elba, perto de Mělník. Essa seção oferece cruzeiros turísticos originais, com diferentes temáticas. Pouco antes de chegar à confluência, é necessário superar a eclusa Hořín, de duas câmaras, monumento técnico que é parte do canal lateral do Moldava, construído em 1897.

Ao navegar, você terá lindas vistas do Castelo Mělník  e do Castelo de Nelahozeves. Empresas que operam cruzeiros fluviais em Praga: Prague Boats|Paroplavba|Steam Boat – Zoo de Praga, dentre outras.

Ode ao Moldava, por Bedřich Smetana

Por mais que se escreva sobre o Moldava e tudo o que proporciona, nada se aproximará do retrato musical criado pelo grande compositor tcheco Bedřich Smetana – um dos três grandes autores que continuaram a produzir obras maravilhosas mesmo depois de acometidos por surdez (os outros dois, o alemão Ludwig van Beethoven e o francês Gabriel Urbain Fauré).

Vltava (Moldava), o segundo poema sinfônico do ciclo Má Vlast (Minha Pátria), Smetana escreveu já surdo. Mundialmente conhecida, a peça é belíssima. Pouco mais de 12 minutos nos levam a viajar ao longo do curso que, nas palavras de Smetana, passa por “bosques e prados, paisagens onde se celebram festas alegres. No brilho noturno da lua, um bando de sereias; castelos, palácios e ruínas destacam-se orgulhosamente nas rochas próximas e o Vltava gira nas correntes do solstício de verão”.

 

As cinco principais atrações de Praga, na República Tcheca

Se você nunca foi a Praga, capital da República Tcheca, veja aqui as cinco principais atrações da cidade, cada uma com uma dica especial. Mas saiba que há muitas, muitas outras atrações, e você provavelmente vai precisar de pelo menos três dias para ver bem a cidade.

Arquitectura Cultura Dica de local Experiencia de viagem Itinerários Patrimonio
Guia básico - O que ver em Karlovy Vary

Os dez recantos mais bonitos da cidade termal de Karlovy Vary, na República Tcheca, para conhecer na próxima viagem, enquanto saboreia a água de suas fontes medicinais. Anote saudáveis recomendações.

Cultura Cultura Experiencia de viagem Itinerários Patrimônios
Você conhece essas invenções e descobertas com assinatura tcheca?

As invenções e descobertas não só nos enchem de orgulho quando feitas por nossos compatriotas, mas fornecem pistas sobre períodos específicos da história de um país. Nesta ocasião, viajamos à República Tcheca para conhecer as invenções com selo tcheco e as mentes brilhantes responsáveis por descobertas que tanto facilitam nossas vidas.

Cultura