Morávia do Norte e Silésia: tradição industrial e entorno natural

O turismo industrial está na moda e a região que rodeia a cidade de Ostrava está decidida a aproveitar esse interesse que surgiu entre os viajantes. Aqui a oferta se complementa, além disso, com o contraste que propõe um entorno montanhoso deslumbrante, com povoados encantadores e a opção de praticar golfe. É tempo de viver novas experiências.

Por: Jess Garbarino

Publicado: Agosto 19, 2020

As medidas de proteção do meio ambiente propiciaram que a mineraria e a indústria pesada que caracterizavam a região da Morávia do Norte e Silésia fossem deixadas de lado para privilegiar o turismo. Localizada em uma posição estratégica, próxima a Eslováquia e Polônia, a zona que rodeia a cidade de Ostrava oferece um interessante contraponto, pois além do turismo industrial, convida a conectar-se com a natureza em locais como Jeseníky e Beskydy.

Mas os contrastes não param por aí, pois também se pode visitar o encantador povoado de Štramberk, com suas casas de madeira dos séculos XVIII e XIX, notável exemplo de arquitetura popular, e depois provar o luxo no Prosper Golf Resort Čeladná.

1.TRADIÇÃO INDUSTRIAL E MINEIRA

Ostrava, a cidade de aço: Começamos nosso itinerário com a cidade que melhor caracteriza a região.  Nenhuma urbe tcheca reflete o desenvolvimento tecnológico e a revolução industrial como   Ostrava. A arquitetura industrial com suas torres mineiras, seus altos fornos e a vista da empresa Vítkovické železárny, representam uma experiência única e inesquecível, ao permitir ver a cidade desde o chão, e também do alto. Mas, além disso, há a enorme cidade subterrânea, onde milhares de pessoas trabalhavam dia após dia. Por outra lado, os objetos técnicos excepcionais que foram conservados são Monumentos Culturais Nacionais. Mas Ostrava merece ser apreciada e conhecida durante um de seus muitos festivais e eventos.

A mineraria e a indústria metalúrgica transformaram a cidade e lhe deram a imagem de coração de aço da república. Por conta disso, Ostrava se converteu em um lugar turístico muito popular que não tem equivalentes na Tchéquia. A transformação do complexo industrial Vítkovické železárny em um peculiar centro cultural, social e educativo é uma grande atração. Todos os dias locais e turistas de todo o mundo aproveitam o local. Ali, um elevador especial o levará ao topo do forno Nº 1. Na sala multifuncional Gong, situada no antigo depósito de gás, se celebram conferências e concertos. Há um espelho gigantesco que te deslumbrará e também um dos maiores jardins de telhado do país. Por outra lado, o bairro cultural Hlubina é muito popular especialmente entre os artistas e seu público.

Desça a mina mais antiga: A singularidade de Landek consiste na interconexão do museu mineiro (uma relíquia técnica) com a colina Landek (uma relíquia natural nacional). Percorra a interessante trilha com sua excepcional seção geológica através de diversas camadas de carvão, de mais de 250 milhões de anos. No maior museu mineiro da Tchéquia poderá entrar na gaiola dos mineiros e descer a mina Anselm, a mais antiga da cidade. Na Mina Michal, que hoje em dia é um monumento cultural nacional, poderá experimentar o que faziam os mineiros antes de começarem a trabalhar. Todo foi conservado tal como se os mineiros tivessem acabado de abandonar a mina.

Centro da cidade: Slezskoostravský hrad (castelo de Ostrava e Silésia) data do século XIII e a atividade mineira causou um afundamento do seu nível em 16 metros. Atualmente oferece exposições sobre a história do castelo e da cidade, o Museu dos mistérios, grandes aquários, eventos culturais e sociais.

O símbolo da cidade é a torre da prefeitura com um mirante de onde se pode apreciar toda a cidade e seus arredores de paisagem mineiro recuperada. A estátua de Ícaro na entrada simboliza as quedas e levantamentos da cidade ao longo de sua história.

2. ARQUITETURA POPULAR E TRADIÇÕES

Štramberk: Em contraste com todo o metal e a industrialização que oferece Ostrava, apenas alguns quilômetros mais ao sul encontramos encostas verdes, casas de madeira, tradições populares e excelente gastronomia regional de Valašsko (Valáquia) e as montanhas Beskydy. Aí está localizada Štramberk, um povoado encravado entre colinas com bosques que, graças às suas encantadoras ruas e casas de madeira dos séculos XVIII e XIX, é conhecida como a Belém da Valáquia.

Bem acima do povoado se erguem as ruínas do castelo de Stallenberg com a torre alta cilíndrica chamada Trúba e uma ponte de madeira que se abre para a fantástica vista dos arredores. As ruelas pitorescas te levarão para a área baixa do castelo e escadas em caracol levam desde o castelo até a praça principal. Há um museu de marionetes, o mini-zoo Aqua Terra, o museu da Pré-história do famoso pintor Zdenek Burian e o Museu dos Brinquedos.

Em uma das cabanas de madeira, há um museu de cera (Panoptikum) com todo tipo de personagens desta região. Na cafeteria Perníkovka, descubra os segredos da produção de pão de gengibre tradicional. Além disso, na mesma praça está a renovada fábrica de cerveja, aonde se de faz artesanalmente a cerveja Trubač. Além da cerveja, ali se pode degustar algumas delícias culinárias e, inclusive, experimentar os benefícios dos banhos de cerveja!

Se você gosta de guloseimas, tem um encontro inadiável com as orelhas de Štramberk, um pão doce feito de massa de mel com especiarias e forma de orelhas retorcidas. Depois, passeie pelo caminho didático de Lašská até a torre da Montanha Branca, cuja forma se assemelha a uma hélice de DNA.

3. SIGMUND FREUD, CIDADÃO ILUSTRE

Příbor: A cidade natal de Sigmund Freud, pai da psicanálise, é pitoresca e está localizada ao pé das montanhas Beskydy. Orgulhosa de seu célebre cidadão, pôs seu nome na praça central. Além de percorrer o centro e desfrutar da arquitetura local, visite a casa natal de Freud, transformada em museu, que permite conhecer o ambiente em que ele cresceu. O museu está aberto todo o ano, e não expõe os dados e fatos conhecidos da vida de Freud, mas sim apresenta o fundador da psicanálise através de suas ideias.  Ao colocar os fones de ouvido oferecidos pelo museu, escutará a voz fictícia de Freud relembrando os principais momentos de sua carreira, com um olhar sobre suas reflexões e métodos científicos. A exposição vem acompanhada de caricaturas feitas pelo conhecido caricaturista e ilustrador tcheco, Vladimír Jiránek, que mostram Freud de uma forma inusual, como amante do humor.

4. GOLFE, LUXO Y RELAX

Čeladná: No coração dos montes de Beskydy se situa a terra prometida do golfe. Čeladná oferece dois campos: The Old Course, de caráter acidentado e greens escabrosos, e The New Course, que combina terreno plano e acidentado. Ali o desafio toma forma de superfícies estreitas ladeadas por bosques e obstáculos de água e areia. Além disso, os jogadores podem relaxar no singular Art & Hotel Design Miura, que se destaca por seu design original.

Na cidade há uma oferta interessante de spas que oferecem envolturas, massagens indígenas, esportivas ou com pedras de lava.

Art & Hotel Design Miura: À primeira vista, o hotel de design Miura revela que a estadia será uma experiência inesquecível. Localizado no campo de golfe Čeladná, seu design conjuga arquitetura e artes visuais para dar uma sensação de conforto a todos seus visitantes. O restaurante é reconhecido por seus menus de temporada e propostas baseadas na cozinha local. A carta de vinhos inclui rótulos da Morávia, França e Itália. Além disso, o hotel conta com uma interessante coleção de arte que inclui obras originais de Damien Hirst, Andy Warhol e David Černý, entre outros.

5. COLOURS OF OSTRAVA

A cidade de Ostrava é sede do famoso festival internacional de música de vários gêneros organizado anualmente desde 2002. Em 2012, o festival se trasladou aos fascinantes arredores de Dolní Vítkovice, una área que costumava de dedicar a obras metalúrgicas, minas e ferrarias. O último festival, seu 18º ano, ofereceu mais de 450 eventos em 24 cenários abertos e cobertos: concertos, debates, representações teatrais, filmes, oficinas e atividades artísticas.

Colours of Ostrava recebeu o Prêmio Anděl de Evento Musical de 2005 e 2006. Ao mesmo tempo, foi premiado como o melhor evento musical de 2004, 2005 e 2006 pela Pesquisa ALMA na categoria Concerto / Festival do Ano. Em 2015 e 2018, o festival chegou à lista de melhores festivais principais dentro dos European Festival Awards e recebeu o prêmio das Supermarcas tchecas 2015. Em 2016, o periódico The Guardian qualificou o festival como um dos dez melhores festivais da Europa.

É hora de viver novas experiências

Itinerário recomendado (3 dias)

Dia 1: Cidade de Ostrava

Dia 2:  Ostrava – Příbor – Štramberk – Čeladná

Dia 3 e 4: Golf e relax em Čeladná

Localização: A 370Km de Praga, 170Km de Cracóvia e 290Km de Bratislava.

 

Canais relacionados

Experiencia de viagem
O lugar mais belo que Praga também está em Tchéquia

Descobrir a Morávia é conhecer Tchéquia sem maquiagem turística.

Experiencia de viagem
PlanTchequia: o canal de podcasts da República Tcheca

A República Tcheca lança PlanTchequia, seu canal de podcasts para trazer informações, dicas e sugestões das melhores atrações do país. Faça Seu Plano e Papo Tcheco já têm episódios disponíveis nas principais plataformas de áudio, e também no YouTube.

Aventura Experiencia de viagem Itinerários Sonhe
A Igreja “sem porta” de Nossa Senhora de Týn, em Praga.

Muita gente dá voltas em torno do edifício, e não acha a entrada. Descubra a interessante história deste emblemático edifício da Praça da Cidade Velha, em Praga.

Experiencia de viagem
Pacotes