Selvas, cavernas e vulcões, destinos naturais com personalidade

A geografia tcheca vai de 0 a 100 km/h na velocidade da Fórmula 1: suaves prados e campos de cultivo que se precipitam em falésias; desfiladeiros de arenitos fantásticos abrigados em florestas exuberantes, cujo subsolo esconde cavernas ainda mais fascinantes; fontes de água fervente ao lado de parques idílicos... Por isso, pode ser mais justo dizer que Tchéquia se mantém a cem por hora em quase toda a sua extensão, como se andasse  na corda bamba dos acidentes naturais mais fabulosos.

Por: Colaborador Convidado

Publicado: Setembro 05, 2019

Muitos acreditam que Tchéquia está dentro da grande planície europeia. No entanto, este pedaço de terra está fora dos limites planos. Como poucos países, reflete o aforismo "o bom, se é breve, é duas vezes bom". Com trajetos acidentados, embora perfeitamente acessíveis,  quando a viagem é por carro, às vezes, se tem a sensação de que, em cada hectare, se fazem presentes todos os fenômenos geográficos possíveis. Alguns, dos mais curiosos.

A Reserva Natural de Soos

Este pequeno caldeirão de "vulcões" tem pouco mais de dois quilômetros quadrados. Para ser justo, nem mesmo é muito representativo da paisagem nacional, mas é muito significativo para a região no Oeste do país - Karlovy Vary, famosa por suas águas termais e minerais.

Trata-se de um parque geológico localizado em uma antiga salina   transformada em turfeira, que à primeira vista oferece a típica paisagem de pântano. No entanto, uma vez alcançado o circuito de passarelas de madeira (pouco mais de um quilômetro), são descobertas nascentes de água fervente, algumas naturais e outras, originadas em poços artificiais. Não que seja o parque americano de Yellowstone, mas, sem sair do continente europeu, é um dos lugares mais curiosos, em termos geológicos.

Como parte de uma excursão a partir de Karlovy Vary rumo a destinos como Františkovy Lázně ou Cheb, a Reserva Soos é perfeita para visitas familiares porque, além da atração das nascentes, o parque é percorrido por um trem turístico de bitola estreita, que anima a experiência.

 

Šumava e a ‘selva’ de Boubín

A floresta tropical europeia é preservada virgem e intacta somente em um par de lugares do continente. Um deles é o sul da Boêmia, aonde a floresta é protegida sob o nome de Reserva de Boubín. Este passeio leva a um conto de fadas entre faias e bordos com mais de três séculos de idade.

A floresta de Boubín é original, o que faz dela uma exceção. Ocupa seis quilômetros quadrados na vasta região de Šumava, explorada e transformada ao extremo durante os séculos anteriores. Felizmente, a conservação natural ganhou a batalha contra a extração de madeira e a mineração. Embora a maioria das espécies vegetais atuais seja estrangeira (principalmente abetos), o reflorestamento ambicioso tem sido um sucesso, e hoje a região oferece uma paisagem frondosa, fresca no verão e agradável no outono, sobre a qual ninguém diria não ser a original.

O abismo da Moravia

A depressão cársica mais profunda da Europa está na República Tcheca, a poucos quilômetros da cidade de Brno, e sua queda de 140 metros desde a superfície até o fundo seco (há mais 50 metros inundados) serviu de palco para algumas lendas... Conhecido como o Abismo de Macocha, ao redor do sumidouro e, especialmente, próximo ao rio Punkva há outras centenas de cavernas documentadas, algumas em seu estado natural e outras, a maioria delas, muito alteradas pela ação do homem. Embora na República Tcheca exista uma importante tradição mineradora, nestas latitudes do país o costume de escavar o subsolo está mais relacionado à segurança e ao turismo, do que à extração de metais e pedras preciosas.

A partir de Brno você tem que ir para o Norte. Nos limites da cidade, a floresta começa a aparecer, e logo se torna profunda. Estradas avançam através de cânions úmidos, sombrios e com muito encanto, e levam a dezenas de cavernas para todos os gostos e públicos, incluindo abrigos militares antigos, cavernas com ossos de grandes mamíferos, outras que servem como palco para eventos, e algumas adaptadas para  proveito dos visitantes.

República Tcheca, planos românticos para dois

Não existe só um tipo de viagem à República Tcheca, assim como não existe só um tipo de casal. Por esse motivo, elaboramos nove sugestões de viagem pela República Tcheca em casal, para que todos fiquem felizes com o resultado. Neste país da Europa Central, românticos, gourmets, culturais, esportistas, enólogos e até os mais estressados ​​têm uma sugestão sob medida. Convidamos você a encontrar o plano que melhor se adapta à sua personalidade e à da sua cara-metade, claro.

Castelos e Palácios Experiencia de viagem Patrimônios
Como visitar o maior tesouro tcheco, perdido por 40 anos?

Na pequena cidade medieval de Bečov nad Teplou, região de Karlovy Vary, na República Tcheca, mora um tesouro de valor incalculável

Experiencia de viagem
Cinco passeios para fazer com as crianças em Praga

Inúmeras atrações para crianças são oferecidas na República Tcheca, em especial na capital Praga. A seguir, oferecemos pequena mas muito apreciada seleção de atrações da cidade.

Café literário Experiencia de viagem Sabores Sabores
Pacotes