Todas as estações do ano são tempos de lazer e encanto na Morávia do Norte-Silésia

Na primavera, verão, outono ou inverno, a República Tcheca está preparada para oferecer inimagináveis atrações, facilidades e conforto para locomoção. Nas regiões montanhosas da Morávia do Norte-Silésia há mundos à parte, como a singular Štramberk.

Por: Giorgia Marcucci

Publicado: Fevereiro 02, 2021

Quando você visitar Tchéquia, logo perceberá a enorme vocação turística do país. Desde Praga, a capital, até os mais remotos recantos, os apelos naturais, monumentos históricos, eventos que marcam a preservação do folclore podem ser encontrados nas principais cidades e nas vilas e povoados que as circundam. A multifacetada oferta turística em Tchéquia independe das estações, porque vários lugares que oferecem atrações de inverno se mantêm atrativos durante o ano inteiro.

Região da Morávia do Norte-Silésia

Ótimo exemplo é a região da Morávia do Norte-Silésia (em tcheco, Moravskoslezský kraj), localizada parte na porção nordeste da região histórica da Morávia e, na maior parte, no território tcheco da região histórica da Silésia. Quando o clima é ameno, somam-se visitas aos lugares históricos e monumentos, trilhas para ciclismo e para caminhadas, festas, eventos musicais ao ar livre. No inverno, semelhantes atrações são oferecidas em formatos apropriados, além dos reis da temporada - muitos esportes de neve. Tendo Ostrava por capital, a região é permeada por bucólicas vilas e belíssimas cidades, a exemplo de Štramberk.

Štramberk

Pequenina em área (9,33 km²) e grande em atrações, Štramberk está a cerca de 40 km de Ostrava. Por conta da localização em encosta arborizada, encimada pela Torre do Castelo (Trúba) e das singulares casas de madeira datadas dos séculos 18 e 19, Štramberk ganhou singela referência – Belém da Morávia. A seguir, um pouquinho das atrações dessa encantadora cidade tcheca.

Torre Trúba

Esta torre é do misterioso Castelo Štramberk (pode ser visitado), apontado por lendas como sendo obra dos Templários, na verdade, construído na virada do século 18. Desde o início dos anos 1900, a torre é um mirante que permite admirar belas paisagens, até as bem distantes.  O ingresso é pago:  40 CZK (1,54 euro) para adultos e 20 CZK (77 centavos de euro) para crianças e aposentados.

Jardim Botânico e Arboreto

Por demais encantador! Toma o lugar de antiga pedreira de calcário, e você pode alcançá-lo a pé, a partir da Praça do Mercado. Além das 1.200 espécies de plantas, o Jardim Botânico e Arboreto (Botanická zahrada a arboretum) abriga fauna local. Ao redor desse lindo espaço natural há rochas para escaladas.

Praça do Mercado

Ampla, a praça tem formato retangular e linda fonte central. Na porção mais estreita está a igreja barroca de João de Nepomuceno, do século 18. Ao redor, graciosas casas coloridas, restaurantes e cafés.

Na Štramberk chamada Belém da Morávia é de imaginar a presença de presépios. E, sim, há muitos deles, trabalhados em diferentes técnicas e materiais. Oficinas, ateliês de artesãos e exposições em locais públicos podem ser visitados. Circuitos para visitas guiadas ocorrem, em especial, nos meses de janeiro a fevereiro de cada ano.

Em Štramberk há muito mais, assim como nas várias cidades e vilas de Morávia do Norte-Silésia. Na região, seja qual for a direção que você adotar, encontrará ótimos lugares para hospedagem, ampla oferta de inesquecíveis passeios a lugares surpreendentes, aluguel de equipamentos para caminhadas, montanhismo, esqui, ciclismo e meios para locomoção.

Guia completo da região de Morávia do Norte-Silésia

Canais relacionados

Experiencia de viagem
Pilsen, dourada, refrescante e genial

Quando Pilsen é mencionada, o que primeiro vem à mente é uma espumosa cerveja gelada. Tem mais. Ao visitá-la, você encontrará próspera cidade industrial, com muito estilo e encantador centro histórico. E quando você entra na personalidade dela, descobre alguns formidáveis recantos.

 

Experiencia de viagem
Praga : viagem do desamor à paixão

Reconheço que meu relacionamento com a cidade de Praga foi uma jornada percorrida desde o desamor à paixão. Eu explico.

Experiencia de viagem
Premiados, os vinhos tchecos ganham fama

Trazer para casa medalhas conquistadas em concursos internacionais já é hábito para os produtores de vinhos tchecos. Entre os prêmios recentes estão 16 medalhas de ouro e uma de platina, enquanto ultrapassa a 350 o número de medalhas de bronze. Na Morávia do Sul estão 95% dos grandes vinhedos tchecos, enquanto na Boêmia prevalecem as pequenas castas familiares.

Experiencia de viagem
Pacotes